Ministério do Turismo assina memorando de entendimento com OMT

Acordo permitirá a retomada de iniciativas conjuntas interrompidas em razão da pandemia de COVID-19

O secretário executivo do Ministério do Turismo, Daniel Nepomuceno, e o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashivili, assinaram nesta segunda-feira (14.09) memorando de entendimento para a promover o setor para o pós-pandemia no Brasil. O termo, assinado em Madrid, na Espanha, busca desenvolver e promover a indústria do turismo como motor de crescimento econômico, desenvolvimento sustentável e redução da pobreza, por meio da criação de emprego e valorização do patrimônio cultural e natural.

O memorando de entendimento permitirá a retomada de iniciativas conjuntas interrompidas em razão da pandemia de COVID-19, com especial ênfase no estímulo à inovação e empreendedorismo, capacitação de mão de obra e criação de oportunidades de investimento.

O secretário executivo destacou que Brasil e a OMT desenvolvem há bastante tempo uma parceria estreita em busca de soluções inovadoras para realizar o potencial turístico do Brasil e aumentar o número de viajantes no país, tanto estrangeiros quanto nacionais.“ As circunstâncias excepcionais vividas neste ano, embora tenham frustrado planos, servem de oportunidade para aproveitar a enorme demanda reprimida por viagens de lazer, principalmente domésticas, em um primeiro momento”, afirmou.

Zurab reiterou seu desejo de realizar visita ao Brasil tão logo permitam as circunstâncias, e ofereceu a capacidade da OMT para prestar cooperação técnica, no âmbito de novos projetos a serem lançados sob o guarda-chuva do memorando de entendimento. “ Com o afrouxamento das restrições aos viajantes, a retomada do turismo é fator importante para a reativação da economia, particularmente num país das dimensões e diversidade do Brasil”, declarou.

Estiveram presentes na cerimônia de assinatura o embaixador do Brasil no Reino da Espanha e no Principado da Andorra, Pompeu Andreucci Neto; o secretário executivo adjunto do Ministério do Turismo, Higino Brito Vieira; e o chefe da Assessoria Internacional do Ministério do Turismo, Antonio Otavio Sá Ricarte.