Ministro do Turismo visita instalações do primeiro aeroporto industrial do país

Durante agenda, Marcelo Álvaro Antônio, discutiu a criação de terminal de ônibus no Aeroporto Internacional de Confins para estimular turismo rodoviário

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, visitou na tarde de quinta-feira (23.07), o primeiro aeroporto industrial do Brasil, localizado entre os municípios de Confins e Lagoa Santa (MG). A iniciativa da BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, inaugurada em 25 de junho, vai ao encontro do projeto do Ministério do Turismo em promover a conexão de diferentes modais para impulsionar o turismo. Uma das iniciativas da Pasta é articular a instalação de uma rodoviária no aeroporto facilitando a mobilidade do turista e permitindo a viagem para destinos próximos, como as cidades históricas, de maneira mais cômoda e segura.

“Acredito que o turismo rodoviário é um segmento que precisa ser estimulado, principalmente nesse momento pós-pandemia onde o viajante dará prioridade para destinos nacionais. Queremos possibilitar que um turista de Sergipe desembarque em Confins e possa com toda segurança e conforto, comprar seu bilhete, entrar em um ônibus confortável, com serviço de bordo, e visite por exemplo as cidades históricas de Minas Gerais. É um projeto inicial que pretendemos ampliar para todas as rotas prioritárias do Investe Turismo”, comentou.

A estimativa é que a integração dos modais resulte em importantes ganhos econômicos. Em relação ao aeroporto industrial, a iniciativa prevê benefícios fiscais a empresas exportadoras que se instalarem dentro do sítio aeroportuário. A expectativa é de atração de cerca de 250 empreendimentos ao longo dos próximos anos, com previsão de R$ 3,5 bilhões em investimentos e geração de 40 mil empregos diretos e indiretos.