Bolsista de Comunicação da UFPB elabora dossiê sobre Wills Leal, um dos homenageados do Fest Aruanda 2020

O projeto de extensão é da estudante do CCHLA/ UFPB; festival acontece de 3 a 10 de dezembro, em João Pessoa

O jornalista-historiador, cinéfilo e fundador da Academia Paraibana de Cinema e  da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo seccional Paraíba, Wills Leal (1936 – 2020) será um dos homenageados da 15ª Edição do Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, que acontecerá de 3 a 10 de dezembro na rede Cinépolis (Manaíra Shopping).  Para eternizar a história e marca de Wills no cinema paraibano, a estudante de comunicação em Mídias Digitais e participante do projeto de extensão “Aruandando no Campus”, Monnyque Silva, organizou um dossiê em referência ao jornalista. 

Segundo Monnyque, a ideia de criar um dossiê digital surgiu com a necessidade de oferecer meios de visibilidade para o projeto de extensão. “Em tempos de pandemia, tínhamos que pensar em maneiras de continuar valorizando a história do cinema paraibano de forma online. Resolvemos então montar um documento digital que pudesse contribuir com a disseminação do legado de uma figura tão importante para o audiovisual da Paraíba como foi Wills Leal”, relatou a estudante. 

O material, que contou com colaboração e aprovação do diretor executivo do Festival, Lúcio Vilar, teve curadoria realizada por meio da internet, portais de notícias, telejornais e mídia impressa. Parte do dossiê deverá ser incluído no plaquete destinado à Wills Leal durante o Fest Aruanda, no qual será chancelado pela Empresa Paraibana de Comunicação e o Jornal A União. 

O Fest Aruanda, mais uma vez irá acontecer com patrocínio master da Energisa/Usina Cultural, Cagepa-PB e Armazém Paraíba, com chancela da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba, apoio do Governo do Estado da Paraíba (via Secult) e Prefeitura de João Pessoa (via Funjope).

Segundo o diretor executivo do Festival, Lúcio Vilar, a 15º edição do festival será muito especial por conta do “tríplice celebração”: 15 anos de fundação do festival, 60 anos do filme "Aruanda", que dá nome ao evento paraibano e os 90 anos de nascimento de Linduarte Noronha, seu diretor. "A ideia é que esse ano o Festival consiga ser realizado presencialmente, porque ao que parece, até lá, o Brasil já terá conseguido amenizar os efeitos devastadores do vírus que desestabilizaram as agendas de Festivais brasileiros e do exterior em 2020. Já vamos nos preparar para que o evento aconteça com todas as normas e novos protocolos sanitários estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde", adianta Lúcio.

Serviço: 
15ª Edição do Fest Aruanda
Data: de 3 a 10 de dezembro
Inscrições e informações: www.festaruanda.com.br e @festaruanda 
Local: Cinépolis (Manaíra Shopping)