Márcia Lucena participa de reunião com Governador João Azevêdo e prefeitos da Região Metropolitana de João Pessoa

Novas medidas devem ampliar isolamento social

A Prefeita Márcia Lucena participou na manhã de quinta-feira (14), de um novo encontro com os Prefeitos da Região Metropolitana de João Pessoa e o Governador João Azevêdo, para avaliar as novas medidas que devem ser tomadas, como a ampliação do isolamento social com o objetivo de conter o avanço do coronavírus na região que concentra mais de 70% dos casos.

Na reunião ficou definido que o Governo e os municípios vão apresentar um plano de ação onde o foco será ampliar ao máximo as medidas de isolamento social, abrangendo a restrição de circulação de pessoas e veículos, obrigatoriedade no uso de máscaras, campanha de comunicação e ações de assistência social direcionadas para as pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Entre as ações que o município vem realizando, o Conde foi elogiado pelo empenho e resultados que vem apresentando em suas medidas. O município até o momento é o que apresenta menos casos confirmados até esta quinta-feira (26 casos) e também é a cidade que tem a menor taxa de ocupação de leitos nos hospitais da capital. A Prefeita destacou que “as ações devem continuar e a união dos municípios com o Governo do Estado é fundamental, pois vem fortalecer ainda mais este trabalho e unificar toda a região que neste momento trabalha por um mesmo objetivo, que é conter a propagação do coronavírus”, disse.

Além da Prefeita Márcia Lucena, participaram os prefeitos Luciano Cartaxo (João Pessoa), Vítor Hugo (Cabedelo), Berg Lima (Bayeux) e Emerson Panta (Santa Rita). As ações serão realizadas em conjunto com diversas secretarias estaduais e municipais, como as Secretarias de Saúde, Segurança Pública e Defesa Social, Planejamento, Orçamento e Gestão, Comunicação, Detran e as Guardas Municipais e Superintendências de Mobilidade Urbana.

Os gestores entraram num consenso de que o endurecimento das medidas restritivas é necessário, pois os índices de isolamento social na Grande João Pessoa não estão atingindo a meta necessária que fica em torno de 70%. Ao final do encontro, foi feita uma avaliação positiva da reunião, reforçando a necessidade de limitar a circulação de pessoas e se se dispuseram a subscrever o decreto com as novas medidas.