Turismo na Rede

Por Fabiano Vidal

Wills Leal

07 de maio foi a data de despedida de Wills Leal do mundo dos vivos, deixando para trás amigos de variadas áreas de atuação que foram sua verdadeira paixão, como o turismo, as letras, a Academia, o cinema, dentre outras. Conheci Wills Leal ainda na graduação em Turismo, quando este foi na IESP Faculdades realizar o lançamento de seu livro O Real e o Virtual no Turismo da Paraíba (2001). Alguns anos depois, quando escrevi a coluna de turismo do semanário Contraponto, fui convidado por ele para ingressar na Abrajet Paraíba, onde permaneço até hoje. De personalidade forte, deixou sua marca não apenas no turismo, mas em todas as áreas que atuou. Teve a alegria de ser homenageado em vida pela Abrajet que fundou, com a criação da Comenda Wills Leal, que faz parte da programação do evento anual que homenageia os melhores do turismo paraibano. Deixa saudade.

PBTUR

A PBTUR, capitaneada pela jornalista Ruth Avelino, desde o mês de março vem trabalhando de forma intensa na campanha #NãoCanceleRemarque, enfatizando que após o fim da pandemia de covid-19, vale muito a pena conhecer a Paraíba. Além dessa campanha, também foi criada a #ParaisoParaiba, cujo material foi distribuído a jornalistas especializados em Turismo, influenciadores digitais, companhias aéreas, operadores de turismo e agências de viagens, além de variados meios de comunicação e das redes sociais da PBTUR.

Cabedelo

A Prefeitura de Cabedelo decidiu prorrogar as medidas de segurança e prevenção à Covid-19 no município. Desta forma, o acesso, para a prática de qualquer atividade, a praças, praias, calçadas, avenidas e ruas situadas nas faixas de beira-mar de Cabedelo segue vedado até o dia 22 de maio. O decreto também prorroga, até o dia 29 de maio, a suspensão de visitas ao Parque Municipal do Jacaré, aulas na rede municipal de ensino e expediente presencial nas repartições públicas, assim como também se aplica a cursos presenciais, Bibliotecas, Centros de Convivência de Idosos e Centros de Referência de Assistência Social.

ABIH-RJ

A ABIH-RJ e o SindHotéis Rio, cujo presidente é Alfredo Lopes, enviou uma carta ao governador Wilson Witzel pedindo que a atividade hoteleira seja considerada serviço essencial durante a pandemia, caso seja confirmada a decretação de lockdown no Estado. A justificativa de Alfredo Lopes é que os hotéis devem ser considerados "serviços essenciais, já que têm servido, fundamentalmente, neste momento, para hospedagem de médicos, enfermeiros e idosos que necessitam de isolamento familiar/social".

Fabiano Vidal é Bacharel em Turismo, Mestre em Ciências das Religiões e Doutor em Ciência da Informação.
E-mail: fabianovidaltur@gmail.com